Archive for the 'Cinema' Category

A Laranja Mecânica

Capa Laranja MecânicaApesar de inúmeras tentativas em assistir o grande clássico Laranja Mecânica de 1971, só o consegui por completo ontem, ao encontrar o título em DVD remasterizado em uma locadora. É claro que não podia deixar de alugá-lo, e após uma leitura crítica (do filme, e não do livro homônimo (1962) do escritor britânico John Anthony Burgess), teço alguns comentários.

A obra retrata a questão da violência, representada através de Alex, o líder de uma gangue que nas noites londrinas aterroriza as pessoas, espancando mendigos, invadindo casas, estuprando, tudo pelo simples prazer em ver o sofrimento alheio, quando então a estória começa a mudar a partir do assassinato de uma pessoa, e a traição do líder Alex pelos seus comparsas.

Alex é condenado a 14 anos de reclusão, porém um novo método de tratamento disciplinar, incentivado pelo Estado, o chamado “Método Ludovico”, promete ressocializar o indivíduo em apenas 15 dias. Alex é a cobaia desse experimento.

Procedimentos do Método LudovicoO tratamento consiste em aplicações de hormônios, seguidas de sessões compulsórias de filmes com cenas de violência das mais diversas maneiras. Diante disso o tratamento prevê inibir os sentimentos de violência do paciente, causando-lhe náuseas, vômitos e dores a cada vez que esses sentimentos vêm a tona.

Ao ser solto, e reconhecido aos poucos por suas vítimas, Alex começa a pagar por todos seus crimes. Começa a sentir o peso da vingança e da violência, antes aplicada e agora sentida por ele.

Em suma, a obra tenta mostrar o poder que o Estado pode exercer sobre o povo, através de métodos que ora inibem a violência através de outra violência contra o ser humano, tirando-lhe a opção de escolha, uma vez que seus atos são repremidos de forma violenta pelos traumas causados pelo tratamento. Ou seja, a consciência do indivíduo continua a mesma, a vontade e o desejo pelo mal persistem, não se concluem apenas devido ao mal estar físico gerado.

Mostra também uma propaganda governamental enganosa e irresponsável, fazendo com que todos creiam que a solução para a criminalidade está iminente, porém não passa de uma banalização da violência, onde em uma sociedade desorientada, e de mãos atadas, não vê alternativas, senão combater violência com a mesma moeda, e em vão.

Qualquer semelhança com que vivemos hoje em dia é mera coincidência. Assistam o filme.

Anúncios